O regulador recorreu para o Supremo para evitar entregar documentos à comissão de inquérito.

  • O regulador recorreu para o Supremo para evitar entregar documentos à comissão de inquérito.

  • A proposta da empresa britânica chega quando a Lone Star já está em negociações exclusivas.

  • Perda de competitividade, isolamento do país face às iniciativas dos parceiros, difícil de aplicar ou até alertas sobre possível promoção de más práticas, são alguns dos argumentos contra as propostas dos partidos.

  • Ministério Público descreve ao pormenor a forma como o antigo procurador entrou no BCP. Banco e equipa de Nuno Amado não são acusados e recusam a tese de favorecimento do seu maior accionista à época, a Sonangol.

  • A Martifer esclareceu esta terça-feira os investidores de que o facto de o seu presidente, Carlos Martins, ter sido constituído arguido diz respeito a assuntos "fora da sua esfera patrimonial", pelo que o processo não deverá ter consequências para a empresa.

  • Perda de estatuto de banco de transição e ausência de impacto nos contribuintes são os objectivos finais do Governo na fase final das negociações com o fundo norte-americano,

  • A seguradora já estava em negociações com o banco, mas o interesse da Lone Star no mesmo terreno deverá significar uma suspensão das conversações até ao fim do processo de venda.

O Público faz anos e o presente é para si! Saiba mais