Conjuntura

Todos os tópicos

O contexto político atual carateriza-se por um maior reconhecimento da heterogeneidade na distribuição dos ganhos da globalização. Se tal se deve aos famigerados “populismos”, então é preciso agradecer-lhes por isso.

  • O contexto político atual carateriza-se por um maior reconhecimento da heterogeneidade na distribuição dos ganhos da globalização. Se tal se deve aos famigerados “populismos”, então é preciso agradecer-lhes por isso.

  • Draghi fez tudo para retirar dos mercados a ideia de que o fim do crédito fácil está iminente, garantindo que a última coisa que o BCE quer é colocar a retoma em risco.

  • A produção de azeite desceu 36,4% na campanha de 2016, segundo os dados do INE. Para 2017 é previsto um “bom ano” para a produção frutícola, mas menos bom para cereais

  • Para fugirmos à situação de risco em que o país ainda vive será necessário reduzir a dívida para rácios mais reduzidos.

  • Contudo, a entidade alerta que a previsão "está envolta num grau de incerteza considerável devido a efeitos combinados de calendário, deflactores e variação de existências que dificultam uma leitura mais precisa dos dados do primeiro trimestre".

  • Para o vice-presidente da Comissão Europeia, Portugal está "no caminho certo" para combater o crédito malparado, considerando que as transacções do Novo Banco e da Caixa Geral de Depósitos contribuíram de forma decisiva.

  • O despertar das empresas para a dimensão do mercado externo e a exiguidade do nosso, está conseguido e com resultados positivos. O ponto de viragem foi o atingir dum saldo externo positivo.

  • Estudo mostra qual o rendimento mínimo necessário para que se possa viver em Portugal com dignidade. Valores são superiores aos calculados como limiar da pobreza.