Um milhão e meio de consultas por fazer e menos 150 mil cirurgias até ao final do ano

Ministério da Saúde prevê, na nota explicativa sobre o orçamento do seu sector enviado ao Parlamento, que ano de 2020 vá terminar com menos 12,5% de consultas médicas realizadas nos hospitais em relação ao ano passado, assim como menos 21,6% de cirurgias.

Foto
Paulo Pimenta

O Ministério da Saúde prevê terminar com menos 12,5% de consultas médicas realizadas nos hospitais em relação ao ano passado, assim como menos 21,6% de cirurgias. Ou seja, menos um milhão e meio de consultas e menos 152 mil operações em relação a 2019. Os valores fazem parte das projecções apresentadas na nota explicativa do Orçamento de Estado 2021 para a saúde, que é debatida esta quinta-feira. Já nos centros de saúde, de acordo com o documento, a estimativa do Governo é a de recuperação com uma projecção de 31,6 milhões de consultas realizadas.