Opinião

Palavras, expressões e algumas irritações: Aliança

A designação Aliança deixa-nos pelo menos duas dúvidas: uma de conteúdo, aliança com quem?, e outra de forma, “a” ou “o” Aliança? A baralhação com o género foi nítida nos primeiros dias de informação divulgada sobre o novo partido de Santana Lopes

Uma “aliança” é um “acordo entre pessoas, entidades ou partidos que se prometem apoio em causa comum”, descreve o dicionário. E dá como exemplos “fazer uma aliança” e também “política de alianças”. Até parece que estamos a falar do PS e amigos, mas não.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

“Aliança” é o nome do novo partido de Pedro Santana Lopes, que saiu do PSD e recolhe agora assinaturas para formalizar uma força política que diz ser “personalista, liberalista e solidária” e também “europeísta, mas sem dogmas, sem seguir qualquer cartilha e que contesta a receita macroeconómica de Bruxelas”.

O nome escolhido remete de imediato para a Aliança Democrática (AD), que a Comissão Nacional de Eleições regista assim: “Coligação eleitoral formada pelo PPD/PSD, CDS e PPM, cujos principais impulsionadores foram Francisco Sá Carneiro, Freitas do Amaral e Gonçalo Ribeiro Telles, respectivamente. Concorreu às eleições legislativas de 1979 e 1980, obtendo nos dois actos eleitorais a maioria absoluta. Durou até 1983, altura em que os partidos concorreram às eleições legislativas separados. A morte de Sá Carneiro e de Adelino Amaro da Costa constituiu um duro golpe para a coligação.”

A designação “Aliança” deixa-nos pelo menos duas dúvidas: uma de conteúdo, aliança com quem?, e outra de forma, “a” ou “o” Aliança? A baralhação com o género foi nítida nos primeiros dias de informação divulgada. Por aqui, depois de argumentações várias, decidiu-se pelo feminino.

“Aliança” também significa “laço existente entre duas famílias, mediante casamento” e “anel, geralmente liso, que simboliza o casamento ou um comprometimento”.

Segundo a Bíblia, é um “pacto entre Deus e os homens”. Há ainda a “Arca da Aliança”, o baú de madeira onde estariam guardadas as tábuas dos dez mandamentos. Seja.

A rubrica Palavras, expressões e algumas irritações encontra-se publicada no P2, caderno de domingo do PÚBLICO