Moda

Royal Ascot: a corrida aos chapéus

A corrida de cavalos de Ascot é um dos eventos mais importantes do calendário social britânico e um autêntico desfile de chapelaria.
Fotogaleria

Todos os anos, no início do Verão, a crème de la crème da alta sociedade britânica junta-se em Ascot para acompanhar uma das corridas de cavalos mais prestigiadas do mundo, a Royal Ascot, para fazer apostas, sentir a emoção da velocidade e esmiuçar todos os resultados. Isso e para assistir ao extraordinário desfile de chapéus, desde as peças mais excêntricas às mais elegante e criativas.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Este ano Meghan Markle estreou-se em Ascot, logo na abertura, acompanhada pelo príncipe Harry – no dia em que ambos celebravam um mês de casamento. A rainha Isabel II esteve presente todos os cinco dias e no final entregou a taça da Diamond Jubilee Stakes ao vencedor, Ryan Moore, que montou o cavalo Merchant Navy. Estiveram também presentes, entre outros, o príncipe Carlos e Camila, a princesa Ana, Sarah Ferguson e a actriz (e também dama) Helen Mirren.

Com tanta pressão para estar apresentável para o evento que mantém vivo um retrato de décadas passadas, facilmente a tarefa poderia tornar-se impossível para os mais inexperientes, mas não temendo, a organização disponibiliza o dress code no site – um para cada zona do evento.

A Royal Enclosure – considerado o centro do evento e o mais exclusivo, onde a entrada só se faz por convite – tem as regras mais restritas: os homens devem usar fraque e as mulheres vestidos até aos joelhos, calças ou macacões até aos tornozelo e um chapéu com pelo menos dez centímetros de diâmetros.

Na fotogaleria, em cima, mostramos-lhe algumas imagens dos participantes deste ano.