Genética

Todos os tópicos

Uma equipa britânica de cientistas usou a ferramenta de edição genética CRISPR/Cas9 em embriões humanos para desactivar um gene que, segundo concluíram, será essencial para o sucesso de uma gravidez. A descoberta pode ser útil para resolver problemas de fertilidade.

  • Uma equipa britânica de cientistas usou a ferramenta de edição genética CRISPR/Cas9 em embriões humanos para desactivar um gene que, segundo concluíram, será essencial para o sucesso de uma gravidez. A descoberta pode ser útil para resolver problemas de fertilidade.

  • Durante mais de 100 anos, um esqueleto da Idade Viking foi considerado de um homem só porque estava no túmulo com uma espada ou setas. As suspeitas foram surgindo e, agora, o seu ADN confirmou que era mesmo uma mulher viking.

  • Cientistas descobriram dois mecanismos que ajudam a “arrumar” o coração no lugar certo. Os estudos podem ser úteis para evitar doenças causadas por erros no complexo processo de formação de um novo ser.

  • Os portugueses converteram-se ao feijão, que representa 75% do consumo de leguminosas no país. Agora uma equipa de cientistas decidiu comparar as variedades portuguesas de feijão com as originais da América Central e do Sul, para perceber melhor a sua história.

  • Durante dez anos, um programa governamental quis eliminar as raposas da Tasmânia. Havia um problema: nunca existiram lá. Os dados estavam mal examinados e cientistas portugueses mostraram que não eram válidos. O programa foi suspenso.

  • Uma equipa de cientistas liderada por portugueses encontrou marcas em genomas que revelam que há quatro ou cinco mil anos chegou à Índia um grupo de homens da Ásia Central. A informação estava “escondida” nas linhagens masculinas e está a causar controvérsia.

  • Com a nova técnica de edição genética, a CRISPR, dois grupos de cientistas bloquearam um gene que é essencial para o funcionamento dos receptores de odores nas formigas. Sem esta “peça”, os animais deixaram de conseguir comunicar.

  • Até agora, foram vendidas quase cinco toneladas de salmão do Atlântico que também tem um gene do salmão do Pacífico. Usando a engenharia genética, este salmão transgénico cresce muito depressa.

  • Há coisas inacreditáveis que são mesmo verdade e outras que parecem certas mas que não resistem a uma análise crítica. Costumava dizer em tom de brincadeira que a ciência nos vai permitir viver para sempre quando estivermos todos mortos.