Se os contratos forem cumpridos, 2018 será ano de quatro furos de prospecção petrolífera algures entre Lisboa e o Porto.

  • Se os contratos forem cumpridos, 2018 será ano de quatro furos de prospecção petrolífera algures entre Lisboa e o Porto.

  • Como podemos aceitar os perigos do CETA sem questionar o seu verdadeiro interesse para os cidadãos?

  • O desenvolvimento com base nos serviços ecológicos ainda é uma prioridade menor para as políticas do imediato.

  • É preciso mudar o padrão de mobilidade centrado no transporte motorizado individual, já que esta é, cada vez mais, uma opção insustentável.

  • Há muitas actividades espalhadas por Portugal para poder observar as migrações, uma altura em que "tudo pode acontecer nos céus".

  • Câmara de Lisboa diz que o espaço teve de ser fechado novamente para concluir a limpeza de alguns pisos, mas que deverá reabrir ainda antes do fim-de-semana.

  • O distrito com maior área ardida é Castelo Branco, revela relatório provisório do Instituto da Conservação da Natureza-

  • Plataforma em Defesa das Árvores diz que o abate do velho lódão se deve a poda descuidada, mas a junta de Santo António diz que a árvore está sinalizada “há muito tempo” pelos serviços camarários para ser deitada abaixo.