Râguebi

Portugal garante o 3.º lugar no World Rugby U20 Trophy

Com uma vitória clara contra a Namíbia, por 67-36, a selecção nacional de sub-20 de râguebi conquistou um lugar no pódio.
Fotogaleria

Portugal garantiu neste domingo, em Bucareste, um lugar no pódio do World Rugby U20 Trophy após derrotar a Namíbia, por 67-36. Numa partida dominada pela selecção nacional de sub-20 de râguebi de início ao fim, os onze ensaios portugueses que asseguraram o 3.º lugar na competição foram marcados por Manuel Cardoso Pinto (2), Nuno Mascarenhas (2), Duarte Costa Campos (2), Manuel Marta, João Fezas Vital, Duarte Gonçalves, Martim Cardoso e Manuel Peleteiro.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

O objectivo de repetir a presença de há um ano na final do World Rugby U20 Trophy e, dessa forma, lutar por um World Rugby U20 Championship 2019, prova que será realizada na Argentina e contará com a presença das oito melhores selecções mundiais do escalão, não foi concretizado, mas Portugal deixou uma excelente imagem na Roménia.

Depois de na fase de grupos ter conseguido vencer o Canadá (31-29) e o Uruguai (26-15), tendo apenas perdido um jogo contra Fiji (22-32) onde foi claramente superior durante a primeira hora, na despedida da prova Portugal realizou a exibição mais consistente.

Contra a Namíbia, que na fase de grupos tinha derrotado de forma esclarecedora Hong Kong (84-10) e Roménia (55-26), a selecção portuguesa de sub-20 conseguiu ter um domínio territorial quase absoluto e o resultado final acaba por não traduzir a diferença de qualidade entre as duas equipas na partida.

Jogando a toda a largura do campo, com boa coordenação entre avançados e três-quartos, Portugal marcou três bons ensaios nos primeiros 19 minutos, mas uma falha defensiva permitiu que os africanos fizessem o seu único toque de meta na primeira parte e colocassem a meio dos período inicial o marcador num equilibrado 15-7.

A diferença de apenas oito pontos não reflectia o desnível entre as equipas e Portugal não demorou a colocar justiça no resultado. Mais forte nas formações-ordenadas e nos alinhamentos, a equipa portuguesa criava com facilidade plataformas de ataque e, sem surpresa, chegou ao intervalo com seis ensaios marcados e uma vantagem de 36-7.

Na segunda parte, o filme repetiu-se no início. Com os namibianos a verem jogar, Portugal manteve a intensidade e nos primeiros dez minutos fez mais dois ensaios: 48-7. Com o terceiro lugar garantido, os portugueses baixaram o ritmo, permitindo que a Namíbia equilibrassem o duelo e marcasse mais três ensaios. Com a menor concentração portuguesa na parte final, aos 31 pontos de diferença após os 80 minutos acabam por ser uma margem que não espelha a superioridade de Portugal.

A final, que será disputada a partir das 17h, será um duelo do Pacífico Sul entre Fiji e Samoa, as duas selecções que venceram todos os jogos que disputaram na fase de grupos. Quem vencer a partida entre fijianos e samoanos, disputará em 2019 o World Rugby U20 Championship.