Moda

Nova moda portuguesa volta à Semana de Moda de Roma

Foto
paulo pimenta/arquivo

No mesmo espaço onde realizadores como Fellini, Visconti ou Pasolini rodaram algumas das suas maiores obras-primas, cinco designers portugueses expõem nesta quinta-feira as respectivas propostas Primavera/Verão 2019 na Semana de Moda de Roma.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

O Cinecittá, na capital italiana, recebe a quarta participação do projecto Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), no calendário da Altaroma, e a terceira paragem do roteiro internacional do Portugal Fashion, depois da presença, este ano, nas semanas de moda de Paris e Milão.

Os jovens criadores Daniela Pereira, Joana Braga, Mara Flora, Maria Meira e Nycole vão dar a conhecer as respectivas propostas, no âmbito do Fashion Hub do Altaroma, considerado uma das principais plataformas de internacionalização de designers de moda emergentes.

Segundo um comunicado da ANJE, esta quarta participação no calendário oficial da Altaroma decorre de uma aposta focada "numa estratégia de apoio integrado aos jovens do Bloom", a plataforma do Portugal Fashion dedicada aos novos criadores nacionais.

Os cinco jovens designers vão apresentar as propostas para a próxima estação Primavera/Verão a par de jovens criadores italianos que se destacaram pelo vanguardismo das suas colecções, através da promoção do concurso Who Is On Next?, da Altaroma, para além de novos criadores que estão "já a trilhar um percurso promissor noutros países europeus", perante o olhar atento de especialistas da entidade parceira Vogue Italia.

Entre os cinco criadores nacionais, apenas Nycole será repetente na passerelle da Altaroma. Tanto Daniela Pereira como Joana Braga estreiam-se na quinta-feira na Cinecittá, assim como Maria Meira e Mara Flora, que, em Março passado, se sagraram vencedoras do Concurso Bloom Portugal Fashion.

Daniela Pereira, formada na Escola de Moda do Porto em Design de Moda, apresenta a colecção inspirada na bailarina e coreógrafa alemã Pina Bausch, no que descreve como uma "contradição ao género" traduzida num jogo de tecidos fluidos com tecidos mais rijos, com que pretende reflectir as ideias da coreógrafa.

Formada em Design de Moda na Escola Superior de Arte e Design (ESAD) de Matosinhos, Joana Braga inspira-se, por sua vez, no filme de 1967 La Collectionneuse, de Éric Rohmer, com "peças over-sized, relaxadas e fluidas", que se sobrepõem a "malhas justas, inspiradas nos fatos de banhos dos anos 1960".

Para Mara Flora, a inspiração passa sobretudo pelo "universo cultural de Hong Kong dos anos 1990", expresso no filme de 1996 The Pillow Book, dirigido por Peter Greenaway, que, para a licenciada em Design de Moda pela Faculdade de Arquitetura de Lisboa, se reflecte em "caligrafia tradicional" aliada a "néones capitalistas".

Já Maria Meira deverá apresentar uma colecção minimalista inspirada na obra de Shai Langen, artista radicado em Amesterdão, que levou a também licenciada pela ESAD a criar uma colecção repleta de "tecidos transparentes que sugerem intimidade e expõem a pele".

A repetente nas lides da Altaroma, Nycole, uma marca de menswear baseada no Porto, regressa também aos anos 1970, com uma colecção que oscila entre uniformes de baseball da época e o psicadelismo da banda Led Zeppelin.

A semana de moda Altaroma decorre de 28 de Junho a 1 de Julho.