Livros

Finalistas do Prémio Jabuti já são conhecidos

Foto
Adriano Miranda

Daniel Galera é um dos candidatos

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

A Câmara Brasileira do Livro divulgou hoje lista dos dez finalistas nas várias categorias do Prémio Jabuti 2009. Os três premiados por categoria serão conhecidos no dia 29 de Setembro e os vencedores das categorias Livro do Ano Ficção e Livro do Ano Não-Ficção, no dia 4 de Novembro.

A lista dos finalistas da 51ª edição do Prémio Jabuti, um dos mais importantes prémios do mundo editorial brasileiro, foi hoje divulgada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL). O prémio está dividido em várias categorias, que vão desde o romance, os contos e crónicas, a poesia, a reportagem, a biografia e o livro infantil, mas também premeia a melhor tradução, ilustração, a melhor capa e o melhor projecto gráfico.

Os dez finalistas na área do romance são "Flores Azuis", de Carola Saavedra; "Cordilheira", de Daniel Galera (que já recebeu também o Prémio Machado de Assis); "Órfãos do Eldorado" de Milton Hatoum (obra que já está publicada em Portugal na Teorema); "Galileia" de Ronaldo Correia de Brito; "Satolep" de Vitor Ramil; "Manual da Paixão Solitária" de Moacyr Scliar; "A Parede no Escuro" de Altair Martins; "O Livro dos Nomes" de Maria Esther Maciel; "Um livro em Fuga" de Edgard Telles Ribeiro e "Heranças" de Silviano Santiago.

Na área da biografia foram seleccionadas as obras "José Olympio, O Editor e Sua Casa", de José Mario Pereira; "O Sol do Brasil", de Lilia Moritz Schwarcz; "Anna: A Voz da Rússia Vida e Obra de Anna Akhmátova", de Lauro Machado Coelho; "O Santo Sujo: A Vida de Jayme Ovalle", de Humberto Werneck (obra que António Lobo Antunes elogiou muito na sua passagem pela Festa Literária Internacional de Paraty); "Caio Prado Júnior", de Lincoln Secco

"Domingos Sodré, Um Sacerdote Africano", de João José Reis; "Cruz e Sousa - Dante Negro do Brasil", de Uelinton Farias Alves; "Cancioneiro Chico Buarque", de Elianne Canetti Jobim; "Traição", de Ronaldo Vainfas e "Viver Sua Música: Com Stravinsky em Meus Ouvidos, Rumo À Avenida Nevskiy", de Gilberto Mendes.

Entre os finalistas da categoria da poesia destacam-se as obras "Cinemateca" de Eucanaã Ferraz, "Ferreira Gullar: Poesia Completa, Teatro e Prosa" de Ferreira Gullar e "Réquiem" de Lêdo Ivo. E na categoria de reportagem "O Olho da Rua: uma repórter em busca da literatura da vida real" de Eliane Brum e "1968 - O que fizemos de nós" do escritor e jornalista Zuenir Ventura.

No dia 29 de Setembro serão divulgados os três vencedores de cada categoria (o primeiro classificado receberá três mil reais, cerca de mil e duzentos euros). E depois, os vencedores do Livro do Ano Ficção e do Livro do Ano Não-Ficção serão conhecidos numa cerimónia de entrega dos prémios no dia 4 de Novembro em São Paulo. Os dois vencedores receberão 30 mil reais cada um (11 mil e quinhentos euros).