Bactérias

Todos os tópicos

Estudo de cientistas portugueses publicado na revista Cell revela como as bactérias dos intestinos podem alterar as características químicas de um fármaco usado contra o cancro colorrectal, conseguindo que o tratamento seja mais eficaz.

  • Estudo de cientistas portugueses publicado na revista Cell revela como as bactérias dos intestinos podem alterar as características químicas de um fármaco usado contra o cancro colorrectal, conseguindo que o tratamento seja mais eficaz.

  • Já passou por experiências em ratos e coelhos e agora os cientistas esperam que, ainda em 2017, a vacina passe à fase dos ensaios em seres humanos.

  • Os investigadores identificaram um mecanismo compensatório que "favorece o crescimento de bactérias multirresistentes e que pode ser usado no futuro como um novo alvo terapêutico contra estas bactérias".

  • Investigadores em Portugal coordenam um projecto internacional de 1,3 milhões de euros que vai estudar as cianobactérias como fonte de compostos bioactivos para actuar na obesidade, diabetes e fígado gordo.

  • Dados são apresentados nesta sexta-feira. O uso inadequado de antibióticos é um dos factores que mais contribui para a resistência antimicrobiana.