Atletismo

Triplista Pedro Pablo Pichardo autorizado a representar Portugal

Atleta nascido em Cuba há 25 vai poder competir por Portugal a partir de 1 de Agosto de 2019.
Foto
LUSA/JOSÉ COELHO

Pedro Pablo Pichardo, que adquiriu a nacionalidade portuguesa no ano passado e é o recordista nacional do triplo salto, poderá representar Portugal nos Campeonatos do Mundo de 2019, no Qatar.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

O desfecho do processo de mudança de nacionalidade do atleta do Benfica, à luz dos novos regulamentos, foi nesta quarta-feira comunicado pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) à Federação Portuguesa de Atletismo.

Assim, o atleta Pedro Pablo Pichardo, que adquiriu a nacionalidade portuguesa a 20 de Novembro 2017, é elegível para representar Portugal a partir do dia 1 de Agosto de 2019.

Desta forma Pichardo ainda não poderá competir nos Europeus de pista coberta de 2019, que se realizam em Glasgow, na Escócia, mas poderá, caso seja seleccionado, fazê-lo no Campeonato da Europa de selecções, que decorrerá entre 9 e 11 de Agosto (ainda sem atribuição de local por parte da Associação Europeia de Atletismo) e também no Mundial de 2019, que tem lugar de 28 de Setembro a 6 de Outubro, em Doha, no Qatar.

Pedro Pichardo, que recentemente venceu a Liga Diamante, de acordo com o regulamento publicado no início da época, por via desse triunfo, tem já a qualificação assegurada para o Mundial.

Recorde-se que o benfiquista, nascido em Cuba a 30 de Junho de 1993 (25 anos), é o actual líder do ranking mundial do triplo salto, com 17,95 metros, obtidos em Doha, no Qatar, marca que figura também como recorde de Portugal da disciplina.