França

Princesa saudita perde 800 mil euros em jóias em roubo no Ritz

É o segundo furto milionário naquele hotel parisiense desde o início do ano. E casos semelhantes têm-se repetido na capital francesa.
Foto
O Hotel Ritz de Paris foi inaugurado em 1898 e é um dos mais luxuosos e reputados de toda a Europa Reuters/Gonzalo Fuentes

Uma princesa saudita apresentou uma queixa às autoridades francesas, denunciando o roubo de cerca de 800 mil euros em jóias que se encontravam no seu quarto no Ritz, o histórico hotel de luxo de Paris, a capital francesa. A mulher, membro da família real saudita, que não é identificada pelo nome pelas autoridades, indicou que a jóias estariam fora do cofre do quarto no momento em que terão desaparecido.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

O roubo, que está a ser investigado pela polícia francesa, terá acontecido na última sexta-feira. De acordo com as informações dadas pela polícia parisiense, não foram encontrados indícios de entrada forçada no quarto.

A confirmar-se, este será o segundo será o segundo grande roubo no Ritz de Paris desde o início do ano. Em Janeiro, um grupo de assaltantes armados com machados roubou um conjunto de jóias com um valor total estimado em cerca de 4,5 milhões de euros. As jóias acabriam por ser recuperadas na sua totalidade pela polícia francesa. A administração do hotel, inaugurado em 1898 e uma das unidades mais famosas de todo o continente europeu, recusou falar à Reuters.

O mais recente roubo acontece três semanas depois que uma relojoaria de luxo ter sido assaltada à mão armada nos Campos Elísios, em mais um assalto milionário em Paris. E os episódios semelhantes repetem-se: em Outubro de 2016, também a socialite norte-americana Kim Kardashian foi vítima de um assalto à mão armada num quarto de hotel em Paris. Perdeu nove milhões de dólares em jóias naquele que terá sido o maior roubou do género em França em mais de 20 anos.