Óscares

E o filme candidato ao Óscar mais pirateado é…

Empresa reuniu os dados dos filmes nomeados com mais downloads ilegais.
Foto
American Sniper foi descarregado ilegalmente mais de 1,3 milhões de vezes DR

Existem os grandes vencedores da 87.ª edição dos Óscares, que serão conhecidos este domingo. Depois há a lista dos filmes candidatos à distinção da Academia mais bem-sucedidos no mundo da pirataria. E o vencedor já é conhecido. American Sniper foi o filme mais pirateado no mundo desde que as nomeações foram conhecidas a 15 de Janeiro. Foi descarregado mais de 1,3 milhões de vezes.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Os números foram avançados pela Irdeto, uma empresa que cria soluções anti-pirataria que monitorizou os downloads ilegais de filmes em mais de 200 países, entre 1 de Janeiro e 14 de Fevereiro. Para o levantamento de dados foi utilizado um software para rastrear os downloadas feitos através de serviços de partilha de ficheiros peer-to-peer via BitTorrent.

Segundo a empresa, desde que foram anunciadas as nomeações para a edição deste ano dos Óscares aumentou em 385% a pirataria em torno dos filmes escolhidos. “Enquanto Gone Girl foi o líder inicial após as nomeações, American Sniper assumiu a liderança e é actualmente o filme mais pirateado no mundo pós-nomeações”, conclui o relatório da empresa.

Se os vencedores dos Óscares fossem escolhidos pelo número de vezes que foram descarregados ilegalmente na Internet o grande vencedor seria então American Sniper, com 1,389,819 downloads e no topo da lista de preferências em cem países. O melhor realizador seria Alejandro González Iñárritu, por Birdman, com 796,697 downloads, grande parte feitos no México e em Espanha.

Bradley Cooper venceria como o melhor actor pela sua interpretação em American Sniper e Rosamund Pike como melhor actriz pelo seu contributo em Gone Girl (1,252,074 downloads).

Como parte da sua análise, a Irdeto comparou a quantidade de pirataria realizada na semana anterior ao anúncio das nomeações, com a semana seguinte. Selma, Wild, American Sniper, Still Alice e Birdman sofreram as maiores oscilações na popularidade e cada um destes filmes foi responsável, por si só, por 100 mil downloads.

Por ouro lado, dois outros filmes que estavam indicados para os Óscares mas que não foram depois nomeados não tiveram a mesma atenção. É o caso de Mr. Turner, descarregado 9086 vezes desde 15 de Janeiro, e Inherent Vice 53.008 vezes.

A Irdeto explica que os filmes nomeados pela Academia foram pirateados a partir de vários formatos, incluindo discos Blu-ray, HDTV, câmaras, DVD’s e outros. Pelo menos 31% do total dos downloads ilegais foram feitos a partir dos chamados “Hollywood screeners”, ou seja por meio de discos Blu-ray ou DVDs entregues aos críticos de filmes, os que votam para os prémios e outros profissionais do meio para que possam fazer uma pré-visualização do filme.

Além dos Estados Unidos, os países onde a pirataria foi mais significativa, num total de três milhões de downloads, foram a Rússia, Itália, Reino Unido, Brasil, Canadá, Índia, Austrália, Espanha, Coreia do Sul e Holanda. Portugal surge na lista dos países com a maior percentagem de pirataria por população utilizadora da Internet, ao lado da Austrália, Itália, Grécia e Irlanda.