Luxo

Hong Kong é o lugar mais caro do mundo

A 5.ª Avenida, em Nova Iorque, já não é a zona mais cara do mundo para alugar um espaço comercial. Hong Kong ultrapassou-a
Foto
O distrito de Causeway Bay, em Hong Kong, é a zona mais cara do mundo para alugar um espaço comercial edwin.11/Flickr

O distrito de Causeway Bay, em Hong Kong, ultrapassou a 5.ª Avenida, em Nova Iorque, tornando-se na zona mais cara do mundo para alugar um espaço comercial, indica o estudo anual da consultora imobiliária Cushman & Wakefield.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

A rua mais famosa da "Big Apple" perdeu a sua posição no topo do "ranking" pela primeira vez em 11 anos para Hong Kong, resultado da crescente procura dos consumidores chineses por bens de luxo.

"O grande destaque da pesquisa deste ano foi Hong Kong (…) não obstante o abrandamento da actividade económica, os comerciantes continuaram a ver o mercado como a plataforma de lançamento ideal para o interior da China", referiu a firma, num comunicado citado esta sexta-feira pelas agências internacionais.

O preço médio por metro quadrado corresponde actualmente a uma renda anual equivalente a 22.307 euros em Causeway Bay, contra os 21.204 euros em Nova Iorque.

Os Campos Elísios, em Paris, ascenderam dois lugares, ocupando o terceiro posto do ‘ranking' mundial (9.573 euros por metro quadrado por ano). Na lista segue-se Tóquio (Japão), Sidney (Austrália) e a New Bond Street, em Londres.

A região da Ásia-Pacífico conquistou cinco lugares na lista dos dez lugares mais caros do mundo. O maior crescimento do valor das rendas num único mercado durante o período de 12 meses foi de 75%, tendo sido registado em Colaba Causeway, em Mumbai, Índia.