• Fabrice Leggeri diz que agências que salvam pessoas perto da costa da Líbia estão a levar os traficantes a usar barcos cada vez mais inseguros.

  • Discurso de responsável da Alternativa para a Alemanha crítico para com a "política de lembrar" o Holocausto e a II Guerra levou a queda na popularidade do partido e também das doações.

  • O Presidente americano aconselhou também o Partido Republicano a deixar a lei criada por Obama "implodir" para que se possa apontar culpas aos democratas.

  • Cinco dos feridos já tiveram alta, três tiveram de ser operados. O acidente foi causado por um carro alegórico.

  • Foi levada para o aeroporto e metida num avião com destino a Singapura. Família não conseguiu contactar um advogado para tentar travar o processo de deportação porque tudo isto se passou a um domingo. Ministério do Interior diz que a lei é para cumprir.

  • Raide de 29 de Janeiro foi a primeira operação no estrangeiro aprovada pelo Presidente Trump.

  • A Europa continuará aberta ao comércio. Uma UE aberta ao exterior pode tornar-se o destino favorito para talentos, investimentos e empresas de todo o mundo.

  • O Presidente dos EUA gosta de passar o fim-de-semana a jogar golfe no seu resort da Florida. Os três fins-de-semana consecutivos que passou em Mar-a-Lago custaram mais de 10 milhões de dólares aos contribuintes e cerca de 90% de perda de receitas dos comerciantes locais.

  • O retiro nas montanhas que foi palco de recepções a líderes estrangeiros e de acordos diplomáticos não parece agradar o novo Presidente, muito mais atraído pelo brilho dourado dos seus próprios resorts.

  • As bandeiras com as cores russas foram escolhidas para aludir às alegadas ligações da equipa de Trump a Vladimir Putin.

O Público faz anos e o presente é para si! Saiba mais