O G20 enfrenta o mesmo desafio que todos signatários do Acordo de Paris: como transformar promessas ousadas em acções.

  • O G20 enfrenta o mesmo desafio que todos signatários do Acordo de Paris: como transformar promessas ousadas em acções.

  • O primeiro-ministro Fayez al-Serraj e o marechal Khalifa Haftar assinaram um acordo de cessar-fogo e prometem esforçar-se para realizar eleições "o mais cedo possível" num país em guerra desde a revolução que derrubou Khadafi, com a ajuda da NATO, em 2011.

  • Jornal Expresso diz que José Eduardo dos Santos fez aprovar decreto que lhe permite pôr homens da sua confiança à frente da polícia e dos serviços secretos.

  • Programa Alimentar Mundial, a maior agência das Nações Unidas, está a mudar a estratégia. A República dos Camarões é um exemplo

  • Os olhos do mundo estão virados para outro lado, mas o acordo de paz, assinado em Junho, não deu descanso às armas na República Centro-Africana. Na República dos Camarões, que acolhe o maior número de refugiados, o básico não está garantido nem para refugiados nem para quem os acolhe.

  • Há mais quatro pessoas feridas, na sequência de um ataque com facas num resort em Hurghada.

  • O empresário congolês, acusado de fraude no sector imobiliário, acredita que a sua condenação tem motivações políticas.

  • Base no Djibuti é a primeira presença militar permanente chinesa no mundo em seis décadas. Pequim diz tratar-se apenas de uma instalação de cariz logístico.