OE2012

PS retira proposta para criar taxa adicional em IRS sobre rendimentos mais elevados

O Partido Socialista (PS) retirou hoje uma proposta para acrescentar uma taxa adicional de 2,5 pontos percentuais sobre os rendimentos em sede de IRS entre os 153.300 e os 500.000 mil euros, e de 5 pontos percentuais acima dos 500.000 euros.

A proposta foi retirada da votação na especialidade da parte fiscal da proposta de lei do Orçamento do Estado para 2012, que decorre hoje no Parlamento, porque esta seria para compensar uma outra proposta que não foi aprovada.

O PS propunha assim duas taxas adicionais para os rendimentos mais elevados, acima do último escalão de IRS.

"Ao quantitativo do rendimento colectável superior a 153.300 euros e inferior a 500.000 euros é aplicada a taxa adicional de 2,5 por cento", lê-se no primeiro número da proposta retirada pelo PS, que acrescenta que "ao quantitativo do rendimento colectável igual ou superior a 500.000 é aplicada a taxa adicional de 5 por cento".

O partido já havia anunciado que iria retirar algumas das propostas que apresentou para alterar a proposta de orçamento, e que serviam de compensação à perda de receita ou acréscimo de despesa que representam outras propostas que havia apresentado, caso por exemplo da intenção do PS em poupar um dos subsídios.

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.