Privacidade

Como (quase) impedir o Google de guardar os locais por onde passa

O Google regista os passos dos utilizadores mesmo quando estes desactivam o histórico de localização. Eis como controlar estas definições.
Foto
Os passos dos utilizadores são registados pelo Google Reuters/THOMAS PETER

Mesmo depois de se desactivar o histórico de localização do Google – um serviço que permite à empresa mostrar os locais por onde o utilizador passa numa linha do tempo e num mapa –, a informação continua a ser guardada graças aos telemóveis que as pessoas levam no bolso. O problema veio à tona numa investigação recente da agência de notícias Associated Press.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Quando se usa o serviço de mapas do Google num smartphone com sistema operativo Android ou iOS (instalados em 99% dos telemóveis), a empresa consegue registar os sítios por onde os seus utilizadores passam, a forma como lá chegaram, as fotografias que tiraram e o estado do tempo. Tudo sem autorização expressa do utilizador.

Em resposta ao PÚBLICO, a equipa do Google remete para o comunicado. "As informações geográficas ajudam-nos a fornecer serviços úteis quando as pessoas interagem com os nossos produtos, tais como resultados relevantes de pesquisa locais e previsões de tráfego”, defende a empresa que explica que existem diferentes formas de guardar a informação sobre os locais por onde as pessoas passam. Para o Google, a informação está clara: “Fornecemos descrições claras dessas ferramentas e controlos precisos para que as pessoas possam activar ou desactivar e excluir os seus históricos em qualquer momento." O Google nota que o único local onde o histórico não está disponível é a Coreia do Sul.

O registo da localização, a que o Google chama linha cronológica pode ser desactivado, mas é preciso alterar as definições padrão no telemóvel.

Aparelhos Android (tablets e smartphones)

  1. Aceda ao menu de Definições.
  2. Escolha o separador que diz Google (pode ser preciso deslizar para baixo), e depois, Conta do Google (no topo).
  3. Seleccione o separador horizontal que diz dados e personalização, e depois Actividade da Web & Aplicações.
  4. Puxe a barra azul – em Actividade da Web – para a esquerda (tem de ficar cinzenta).

Aqui o Google alerta que ao “interromper o serviço”, o utilizador por estar a “limitar ou desactivar experiências mais personalizadas” como recomendações de locais que lhe podem interessar. O Google nota ainda que mesmo com a definição interrompida a empresa pode “utilizar temporariamente” informações sobre onde o utilizador passa para melhorar a qualidade da pesquisa.

Também convém desligar o Histórico de Localizações, a que é possível aceder através das definições no separador Actividade da Web & Aplicações.

Foto

Computadores e dispositivos sem Android

Também é possível desactivar a monitorização do Google directamente de um navegador da Internet. Esta opção também é válida para dispositivos iOS como iPhones e iPads. 

  1. Abra um navegador de Internet (como o Chrome ou o Safari) e conecte-se à sua Conta do Google.
  2. Seleccione a sua fotografia de perfil no canto superior direito.
  3. Seleccione a opção Gerir a sua actividade Google e escolha Aceder aos controlos de actividade,
  4. Puxe a barra azul – em Actividade da Web (pode aceder directamente a partir deste link) – para a esquerda (tem de ficar cinzenta).

Apagar o histórico de localização

Para apagar toda a informação que o Google já tem guardada sobre os utilizadores, a própria empresa disponibiliza uma página que explica o processo para aparelhos Android.

Para excluir o histórico de localização a partir do seu navegador de Internet:

  1. Aceda à página do Histórico de Localização do Google. Trata-se da página privada – a que apenas o utilizador deve ter acesso – que reúne a informação sobre as viagens que o Google registou.
  2. Seleccione o caixote do lixo (no canto inferior direito do mapa).
  3. Escolha a forma como quer excluir a informação. Pode-se escolher apagar informação por local, data, ou tudo de uma vez. Para a terceira opção é preciso escolher Configurações e, depois, Excluir todo o Histórico de Localização.