Animais

Animais de companhia permitidos em duas praias de Esposende

A iniciativa enquadra-se no Plano Estratégico Municipal para o Bem-Estar Animal.
Foto
PP PAULO PIMENTA

As praias da Ramalha Sul e Suave Mar, ambas em Esposende, distrito de Braga, podem a partir desta terça-feira ter presentes animais de companhia, no âmbito do Plano Estratégico Municipal para o Bem-Estar Animal, criado pela autarquia.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Fonte da Câmara Municipal de Esposende referiu à Lusa que a escolha destas praias se prendeu com o facto de se situarem "fora de zonas concessionadas, onde não é possível que os animais estejam presentes".

Ainda assim, explicou a fonte, as praias escolhidas ficam perto das áreas concessionadas "para as pessoas poderem usufruir dos serviços e equipamentos que estas disponibilizam, sem deixar os animais sozinhos ou longe".

A autarquia salientou ainda que o projecto é contínuo, sendo que as infra-estruturas disponibilizadas, como a sinalética e um conjunto de material de limpeza com depósitos para dejectos, vão estar "permanentemente disponíveis".

A iniciativa enquadra-se no Plano Estratégico Municipal para o Bem-Estar Animal, apresentado em Maio, e tem como objectivos a "sensibilização da população para a importância do não abandono e da adopção animal, a esterilização, vacinação dos animais e a reavaliação das estratégias de acolhimento".

Em Esposende, no centro da cidade, está prevista a criação de um espaço de interacção para os animais, o Parque Agility, que "ainda vai ser construído e que vai ser um local onde os animais podem interagir uns com outros, sem trela, acompanhados dos donos", avançou o município.

O plano conta ainda com um protocolo com os Bombeiros Voluntários de Fão, "que vão socorrer os animais feridos abandonados na via pública", e uma parceria com a Ordem dos Médicos Veterinários, que vai permitir que as "famílias de estratos sociais desfavorecidos beneficiem de um Cheque Veterinário".

Campanhas de adopção e projectos de intervenção social em que os animais terão papel de destaque junto de grupos de risco como idosos, pessoas com deficiência e crianças com necessidades educativas especiais, são outros dos destaques do plano.