“O Conselho de Ministros nunca foi envolvido nas questões da banca”

Passos Coelho falou “vagamente” no facto de o BES poder ser um problema, quando Seguro era líder do PS e pedia para usar o dinheiro da troika para a banca, que estava guardado. Mas “na substância”, nunca mais o ex-PM envolveu os ministros na discussão. Em nenhuma da banca, diz Cristas. E confirma que assinou o decreto sobre o BES de férias por email, a pedido da ministra das Finanças.

Artigos relacionados

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.