Lojas tradicionais convertidas em montras de arte

Durante este fim-de-semana, as montras de 18 lojas de comércio tradicional do Porto transformam-se em expositores de obras de artistas "promissores e talentosos" da região. Troca-se por arte levou os proprietários de vários estabelecimentos tradicionais da cidade a acolher artistas locais e as suas obras variadas. O restaurante O Buraco, na Rua do Bolhão (na foto), a lavandaria Perfecta, na Rua do Bonjardim, expõe os bolos de Maria Dentada; na joalharia Machado, na Rua de 31 de Janeiro, as jóias são trocadas pelas ilustrações de Pandora Complexa; na papelaria Araújo & Sobrinho, no Largo de São Domingos, está à mostra a instalação de Alcina Carneiro, e muitos outros estabelecimentos, como a Casa Othello, a Queijaria Amaral ou a Casa Tamegão, aderiram à iniciativa. Ao deslocar as obras "do circuito regular da arte", procura-se que um público mais vasto entre em contacto com a produção artística e criatividade existente na cidade. A iniciativa inclui um programa de animação, a decorrer no espaço Passos Manuel, que começa com a exibição do filme A Mãe Que Eu Sempre Sonhei, às 19 horas, e prossegue com os concertos de Atos e de Atau Tanaka (23h00) e com o DJ set Tutti Frutti à uma da manhã. Rita Himmel

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.

Nos Blogues