Imóvel no centro do Porto cedido ao WochenKlausur

O executivo da Câmara Municipal do Porto vai apreciar, na próxima terça-feira, uma proposta que prevê a cedência de um edifício de quatro andares da Rua António Cândido, em Paranhos, para a concretização de um projecto experimental de requalificação urbana gizado pelo colectivo artístico WochenKlausur. A respectiva fracção encontra-se devoluta e será cedida por um período de sete anos, "eventualmente renovável", contra o pagamento de uma renda mensal de trinta euros.

O WochenKlausur foi convidado pela Culturgest para criar um projecto na cidade. Surpreendidos pelo estado de degradação da bela arquitectura do Porto, os austríacos Martina Reuter e Wolfgang Zinggl tomaram a decisão de tentar pôr de pé um modelo experimental que possa ajudar a resolver o problema.

O projecto prevê o recurso à comunidade universitária da cidade, cabendo a um grupo de nove estudantes a realização das obras de reabilitação. Os jovens ficam, depois, a residir na casa recuperada durante alguns anos, devolvendo-a aos proprietários em bom estado de conservação. Os trabalhos serão acompanhados pelos serviços técnicos municipais.

A Câmara do Porto reconhece, no texto da proposta, viabilidade e interesse ao projecto, considerando ainda que "permitirá a reabilitação de património municipal, com a consequente valorização do mesmo e da área envolvente, sem dispêndio de recursos municipais".

Vocacionado para intervir artisticamente sobre o contexto sociopolítico das cidades a que é convocado, o colectivo austríaco acredita que esta ideia pode, depois de testada, vir a ser adoptada por proprietários privados de casas abandonadas. "O modelo até pode ser exportado para outras cidades", disse Wolfgang Zinggl ao PÚBLICO, em Julho.

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.

Nos Blogues