Casa em Óbidos que albergou etarras alvo de assalto insólito

A vivenda da Avarela, em Óbidos, que serviu de residência a dois alegados etarras, foi alvo de um furto "insólito" denunciaram os actuais moradores da casa.

"Levaram-nos dois carros, um plasma, uma playstation, um portátil, ouro, toda a minha roupa e ainda puseram no forno e comeram um empadão que a minha mulher tinha deixado no frigorífico", disse Ricardo Horta, morador na vivenda da Avarela. O furto foi comunicado à GNR de Óbidos no domingo, ocasião em que Ricardo Horta, alertado por um amigo, regressou à casa que havia deixado sexta-feira à noite para passar o fim-de-semana de Carnaval com os pais.

"Tinha pedido a um amigo para ir alimentar os cães e, no domingo, fui alertado de que os carros que tinha no pátio tinham desaparecido", conta.

De regresso à casa alugada desde Abril do ano passado (dois meses após a fuga dos dois alegados etarras) Ricardo Horta acabou por constatar que, para além dos dois carros, tinham desaparecido "dois pratos e dois conjuntos de talheres e vários produtos enlatados da despensa". A surpresa maior foi, porém, "o à-vontade dos larápios, que se deram ao desplante de pôr o empadão no forno e comer antes de nos roubarem os bens".

Um dos carros, que tinha problemas mecânicos, foi recuperado no próprio domingo pela GNR e a segunda viatura foi recuperada anteontem, nas Caldas da Rainha. Lusa

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.

Nos Blogues