Fonte de inspiração

As escolas abertas do arquitecto holandês

A primeira imagem mostra uma turma numa sala de aula antiga, a olhar para um quadro, e com janelas que não permitem ver para o exterior. A segunda fotografia que o arquitecto holandês Herman Hertzberger [na foto] passa no ecrã é todo um outro mundo: espaços abertos, transparentes, crianças espalhadas por vários sítios, em almofadas, umas a ler, outras a comer. São as escolas que Hertzberger tem projectado para a Holanda (ligadas ao projecto educativo dos colégios Montessori) e cujo conceito de learning street (um espaço aberto e informal que permite estender a transmissão de conhecimentos para fora da sala de aula) foi uma das inspirações da Parque Escolar em Portugal.

Hertzberger esteve em Lisboa recentemente a convite da Parque Escolar e explicou numa conferência que "o tempo das salas de aula com corredores por fora acabou" e que o que temos hoje são "salas de aula abertas, com painéis de vidro, onde tudo é espaço para aprender. Uma das suas grandes obsessões é degraus - largos degraus de madeira que desenha em todas as suas escolas e que se tornam, espontaneamente, locais de reunião das pessoas, adultos ou crianças, que os usam para os mais variados fins.

Há também pequenos recantos (e as imagens mostram as crianças a ler, ou a conversas num espaço aproveitado por baixo de umas escadas, por exemplo), e há espaços "abertos" no chão, como pequenas piscinas sem água, que podem servir para uma apresentação de um trabalho ou apenas para uma conversa informal entre uma professora e um grupo de alunos. No final, Hertzberger disse ao PÚBLICO que não comentava a intervenção da Parque Escolar nas escolas portuguesas porque não a conhecia, mas garantiu que os espaços abertos não colocam problemas de disciplina. "Eu não afecto a disciplina das crianças. Pelo contrário. Por que é que hoje há tantas crianças que não são disciplinadas? Porque não estão interessadas no que estão a fazer. Tendo possibilidade de trabalhar em diferentes projectos, estão mais concentrados." A.P.C.

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.

Nos Blogues