Peniche: a fortaleza do regime de Salazar

O Forte de Peniche foi uma das prisões da ditadura, tendo funcionado como tal durante 40 anos, entre 1934 e 1974. Por lá passaram cerca de 2500 homens, condenado pelos tribunais plenários do país. A fortaleza com mais de 400 anos de história esteve para ser vendida e transformada em unidade hoteleira, mas a alienação foi travada pelos protestos encabeçados pela União de Resistentes Antifascistas Portugueses (URAP). Neste momento, está em curso a transformação do espaço no Museu Nacional da Resistência e da Liberdade. O P2 ouviu alguns dos homens que ali estiveram detidos, cujos testemunhos são um retrato do que era o dia-a-dia na fortaleza batida pelo mar. E de como a vida prisional foi mudando ao longo dos anos.