Julian Assange: da WikiLeaks ao fim do asilo político

Foi em Janeiro de 2010, quando o site WikiLeaks divulgou na Internet documentos secretos do Governo dos Estados Unidos que o nome de Julian Assange ficou conhecido à escala mundial. Em 2012, Assange requereu asilo junto do Governo equatoriano para evitar ser extraditado para a Suécia, onde seria julgado por crimes sexuais, que sempre negou ter cometido. A justiça sueca arquivou o caso em Maio de 2017, mas o fundador da WikiLeaks continuou na embaixada equatoriana. Com a retirada de asilo político por parte do Equador, o caminho ficou aberto para a detenção.<