Três produtores portugueses à conquista do mercado brasileiro

Há dez anos, Abílio Tavares da Silva deixou de ser engenheiro informático, comprou a Quinta Foz Torto no Douro e tornou-se produtor de vinho. Jorge Tenreiro continua a ser cirurgião vascular mas já dedica grande parte do seu tempo à Quinta do Cume, uma vinha de quatro hectares no Douro, situada a 600 metros de altitude. António Lopes Ribeiro trabalha com vinho orgânico desde 1990 e foi pioneiro na região do Dão. Estão entre os 73 produtores que estão no Rio de Janeiro à conquista do mercado brasileiro. Portugal exporta 28 milhões de euros em vinho para o Brasil e o desejo é o de aumentar esse valor. A chave para o sucesso, acreditam, pode estar na ligação emocional com Portugal.

Artigos relacionados

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.