Fecho de mercados

Lisboa fechou em alta, mas na Europa nem todas as praças conseguiram encerrar com ganhos. O BCP e a Galp impulsionaram o índice português. O sector energético negociou sem tendência definida: a Galp ficou entre as maiores valorizações e a EDP entre os piores desempenhos.

Comentários

Comentar

Caracteres restantes: