Agente foi hospitalizado em estado crítico, mas já está fora de perigo e "em condição estável". FBI está a investigar como um possível caso de terrorismo.

  • Agente foi hospitalizado em estado crítico, mas já está fora de perigo e "em condição estável". FBI está a investigar como um possível caso de terrorismo.

  • Donald Trump reagiu publicamente à notícia de que estava a ser investigado por obstrução à justiça, considerando que se trata da “maior caça às bruxas da política norte-americana”. Segundo responsáveis ouvidos pelo Washington Post, Trump está a ser investigado desde que despediu James Comey.

  • Presidente norte-americano está disposto a prestar declarações sob juramento. Garante que não pediu lealdade a James Comey e dá a entender que não tem gravações das conversas entre os dois.

  • Presidente dos EUA tentou esvaziar o depoimento do ex-director do FBI, que foi ouvido na Comissão de Serviços Secretos do Senado.

  • Presidente dos EUA aproveita depoimento de James Comey a admitir que passou informação.

  • Ex-director do FBI foi ouvido no Senado: "A Casa Branca escolheu difamar-me". "Pensei que Trump pudesse mentir. Por isso documentei" as conversas, afirmou. O advogado de Trump diz que Comey pode ser investigado por ter divulgado as conversas.

  • Christopher A. Wray foi procurador-geral assistente entre 2003 e 2005 e é nomeado para substituir James Comey, despedido pelo Presidente norte-americano no mês passado. Comey vai ser ouvido quinta-feira no Senado.