Eucaliptos

Todos os tópicos

Sociais-democratas apresentaram propostas de alteração aos diplomas do Governo para a Reforma Florestal.

  • Sociais-democratas apresentaram propostas de alteração aos diplomas do Governo para a Reforma Florestal.

  • Está na hora de tentar um novo equilibrio na floresta. Pior do que correr riscos, seria deixar tudo na mesma.

  • A política para os eucaliptos e o reforço dos poderes das autarquias são os principais focos de tensão de uma reforma que envolve 12 diplomas legais.

  • O Governo encontrou num diploma assinado por Passos Coelho a resposta para se defender dos ataques da indústria e da produção que contestam a travagem da área de eucaliptos prevista na “reforma da floresta”

  • Reverter a lei do eucalipto é um passo insuficiente, mas certo, na procura de uma floresta e de um território racional e útil ao país.

  • Fico preocupado quando a Floresta é vista (e usada) como uma moeda de troca política. Não lhe faltava mesmo mais nada!

  • Plantações autorizadas e não autorizadas estão a generalizar-se no centro e norte do país sobretudo em áreas agrícolas de pequena dimensão.

  • Oito em cada dez hectares de floresta plantados sem recurso a fundos públicos tiveram como destino os eucaliptos. A liberalização das plantações e replantações está a dar fôlego à espécie que já domina a floresta nacional.