• Pelo menos 13 membros da Generalitat foram detidos. Líderes catalães dizem que o Governo central “suspendeu, de facto, a autonomia catalã”. Rajoy pede aos independentistas que "evitem males maiores".

  • Uma declaração de independência unilateral da Catalunha, sem um acordo com o Estado espanhol, trará complexos problemas jurídico-políticos.

  • Pelo menos 14 dirigentes do governo catalão envolvidos na organização do referendo à independência foram detidos pela Guardia Civil. Carles Puigdemont, presidente da Generalitat, acusou Madrid de “agressão coordenada” e de ter “suspendido de facto a autonomia catalã”.

  • Guardia Civil deteve 13 dirigentes envolvidos na organização do referendo. Rajoy pede ao presidente da Generalitat que "recue" e "cumpra a lei".

  • Embaixador da Coreia do Norte em Espanha foi considerado persona non grata pelo Governo de Madrid e tem até ao final do mês para deixar o país.