Indiferente à multa milionária, Neymar celebra a sua “DisNEYlandia” em Mangaratiba

De um helicóptero, o jogador captou imagens da propriedade que possui, campos desportivos, piscinas e até uma pista de kart.

Foto
Neymar foi multado em mais de 16 milhões de reais (quase três milhões de euros) devido ao desmatamento da área verde e ao desvio de um curso de água Reuters/STEPHANE MAHE/arquivo
Ouça este artigo
00:00
01:41

Num dia soalheiro, Neymar aproveitou para fazer um passeio de helicóptero sobrevoando sua própria mansão, nesta quinta-feira. O objectivo era capturar imagens aéreas de sua nova propriedade em Mangaratiba, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Na legenda, o jogador fez um jogo de palavras com seu nome e um famoso parque de diversões: "DisNEYlândia".

A mansão está localizada no Condomínio AeroRural e possui um lago artificial de mil metros quadrados, pelo qual Neymar foi multado em mais de 16 milhões de reais (quase três milhões de euros) devido ao desmatamento da área verde e ao desvio de um curso de água, conforme determinado pela secretaria de Meio Ambiente do município.

Do alto, é possível ter uma noção da extensão do terreno, com mais de dez mil metros quadrados. Neymar encomendou aos arquitectos uma área de lazer completa, incluindo até uma pista de kart. No entanto, o projecto não pára por aí. Além de um campo de futebol, a propriedade possui uma quadra de futebol de areia, uma quadra de ténis e três piscinas.

Foto

O atacante da selecção brasileira e do Paris Saint-Germain também pediu a construção de um heliporto, de uma marina para três lanchas e uma área de comodidades, como sala, cozinha e suítes, para hospedar amigos.

Esse novo espaço pode ser considerado um anexo da mansão no condomínio Portobello, que possui cinco mil metros quadrados e seis suítes. Além disso, há um espaço gourmet, adega subterrânea climatizada, spa, sauna e até uma sala de massagem.


Exclusivo PÚBLICO/Folha de S.Paulo
Nota: o PÚBLICO respeitou a composição do texto original, com excepção de algumas palavras ou expressões não usadas em português de Portugal.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários