Concurso

Above us only sky”: eis as melhores fotografias de montanha

A edição de 2022 do concurso Mountain Photo of the Year, da revista britânica Trail, distinguiu as melhores fotografias captadas sobre as mais altas montanhas do Reino Unido

Primeiro prémio. Kat Lawman, bibliotecária de Anglesey, fez esta imagem no topo da montanha Garnedd Ugain, no País de Gales. Júpiter, Saturno e Venus estão alinhados sobre o olhar a sua tenda de campismo. Kat passa parte do seu tempo na montanha como líder de expedição e tem como hobby a fotografia. "Nesta noite de Dezembro, consegui ter toda a montanha para mim, não havia mais ninguém nesta montanha", conta. ©Kat Lawman
Fotogaleria
Primeiro prémio. Kat Lawman, bibliotecária de Anglesey, fez esta imagem no topo da montanha Garnedd Ugain, no País de Gales. Júpiter, Saturno e Venus estão alinhados sobre o olhar a sua tenda de campismo. Kat passa parte do seu tempo na montanha como líder de expedição e tem como hobby a fotografia. "Nesta noite de Dezembro, consegui ter toda a montanha para mim, não havia mais ninguém nesta montanha", conta. ©Kat Lawman

O júri do concurso Mountain Photo of the Year, promovido pela revista britânica Trail, mrendeu-se à fotografia solitária de Kat Lawman, tirada no topo da montanha Garnedd Ugain, no País de Gales. Diante da fotógrafa e da sua tenda iluminada, é visível uma extensa nuvem por onde espreitam os picos da montanha galesa. Na imagem, Júpiter, Saturno e Vénus alinhados competem por protagonismo. "Foi um momento arrebatador em que fiquei com lágrimas nos olhos", declarou a bibliotecária e montanhista britânica à organização do concurso. "As montanhas em Snowdonia são a minha vida e o meu escape."

O segundo prémio foi atribuído a Padam Gurung, que fotografou, num dia de Inverno, um grupo a percorrer o cume da montanha Striding Edge, no Parque Nacional de Lake District, Cúmbria, no noroeste da Inglaterra. Padam é um "fotógrafo entusiasta" que aprendeu tudo o que sabe sobre fotografia "através de amigos, de vídeos do YouTube e das redes sociais". 

Uma fotografia sobre o lago Llyn Llydaw, no País de Gales, logrou o terceiro prémio do concurso. O membro do júri Chris Upton considera-a "uma imagem fabulosa", que revela "exposição e limpidez perfeitas". O autor da imagem, Luke Gage, "trepou" até ao topo de Bwlch Ciliau após um longo dia de trabalho, esperou várias horas "ao frio" pelo momento em que as nuvens se afastassem para "captar a imagem tal e qual tinha imaginado". Garante à organização do concurso ter valido a pena o esforço. "Fiquei nas nuvens por ter conseguido o terceiro prémio."

"Não existe uma fórmula no que toca a realizar uma fotografia de montanha que venha a vencer o concurso", pode ler-se no site onde foram anunciados os resultados, a 10 de Janeiro de 2022. "Os vencedores anteriores captaram imagens de todas as montanhas do Reino Unido, em todas as horas do dia, em todas as estações do ano." O que todas as fotografias vencedoras têm em comum, sublinha a organização, "é a capacidade de evocar a emoção de estar realmente no terreno, nas alturas, entre a natureza".