João Gomes Cravinho: vítima de uma Tempestade Perfeita

Este é um “casão”, do qual não há forma de o antigo ministro da Defesa sair com a reputação ilesa. João Gomes Cravinho ainda tem muito para explicar. E nós ainda temos muito para aprender.

Vejo as notícias de mais uma megaoperação da PJ com nome bombástico – Tempestade Perfeita. Vejo a detenção de cinco pessoas suspeitas de corrupção na área da Defesa. E penso em concursos televisivos: “O próximo membro do Governo que irá cozer em lume brando nas próximas semanas é… João Gomes Cravinho!” Aplausos para ele. Não sei se António Costa já entregou aos seus ministros e secretários de Estado uma escala para a ida ao grelhador governamental. Se não entregou, devia, porque os “casos e casinhos” não estancam, e são cada vez menos “inhos” e cada vez mais “ões”.

Sugerir correcção
Ler 17 comentários