Em Serpa teme-se o dia em que esta casa do século XVII caia em pedaços

No centro histórico de Serpa, está em risco de derrocada um edifício que é propriedade da autarquia. Os moradores que vivem perto temem que a velha estrutura lhes caia em cima.

Foto
Casa em ruína iminente

António Maria Assis interiorizou ao longo dos últimos dois anos um hábito que exterioriza com um misto de revolta e medo. Antes de se deitar, observa o edifício em frente, a uma distância de pouco mais de três metros. Ao PÚBLICO o morador na Rua do Governador, localizada no centro histórico de Serpa, admite o receio de “acordar durante a noite com o barulho do edifício em derrocada, dado o seu evidente estado de ruína”. E, durante o dia, sempre que sai à rua, palmilha célere uma trintena de metros, até alcançar um espaço onde se sente mais seguro sem tirar os olhos da casa que “nos pode cair em cima a todo o momento”.

Sugerir correcção
Comentar