Milhares de pessoas nuas numa praia de Sydney: um alerta para o cancro da pele

Milhares de pessoas ficaram nuas este sábado em Sydney, na Austrália, numa acção de sensibilização para o cancro da pele.

Milhares ficaram nus para relembrar a importância do rastreio do cancro da pele EPA/DEAN LEWINS
Fotogaleria
Milhares ficaram nus para relembrar a importância do rastreio do cancro da pele EPA/DEAN LEWINS

Cerca de 2500 pessoas — equivalente ao número de australianos que morrem de cancro da pele todos os anos — deitaram-se nuas na praia de Bondi, em Sydney, na Austrália, ao amanhecer deste sábado. 

O evento foi organizado pelo fotógrafo norte-americano Spencer Tunick, conhecido pelas imagens de multidões de pessoas nuas, em parceria com uma associação que promove acções de sensibilização para incentivar os australianos a visitar regularmente um dermatologista. 

"Passei metade da minha vida ao sol, e alguns melanomas malignos já foram removidos das minhas costas", contou à AFP um dos voluntários, de 77 anos. 

Voluntários na praia de Bondi, em Sydney
Voluntários na praia de Bondi, em Sydney EPA/DEAN LEWINS
Multidão juntou-se na praia ao amanhecer
Multidão juntou-se na praia ao amanhecer EPA/DEAN LEWINS
Iniciativa artística foi feita em parceria com uma associação que incentiva os australianos a fazer exames regularmente
Iniciativa artística foi feita em parceria com uma associação que incentiva os australianos a fazer exames regularmente EPA/DEAN LEWINS
Sydney, Austrália
Sydney, Austrália EPA/DEAN LEWINS
EPA/DEAN LEWINS
EPA/DEAN LEWINS