No primeiro dia, nem as pensões aqueceram o debate do Orçamento

Governo disponível para aprovar propostas da oposição, mas partidos mostram-se pouco convencidos. No primeiro dia de debate na especialidade do OE2023, nem o dossier das pensões aqueceu a discussão.

Foto
Parlamento vota OE2023 na especialidade Daniel Rocha

O primeiro dia de debate na especialidade do Orçamento do Estado (OE) para 2023 arrancou com a ministra adjunta e dos Assuntos Parlamentares a deixar a garantia de que o Governo vai aprovar propostas de alteração de “várias bancadas”. Mas a promessa de diálogo não alterou em nada o que a oposição tinha para dizer ao executivo. Da esquerda à direita falou-se num Orçamento de empobrecimento e só PAN e Livre mantêm a esperança de ver propostas aprovadas. Nem o tema quente das pensões animou o arranque da discussão na especialidade.

Sugerir correcção
Comentar