Marcelo, Costa e Santos Silva vão para o Qatar. E a nossa dignidade vai para onde?

Marcelo, Costa e Santos Silva não são uns adeptos quaisquer. A sua viagem ao Qatar legitima a lavagem desta monarquia arcaica e repressiva, em nosso nome.

Não costumo voltar ao mesmo tema tão cedo. Mas a sinistra viagem das três mais altas figuras do Estado ao Qatar inspirou-me. Que fique claro: esta viagem não resulta de protocolo nenhum. As equipas portuguesas participam em várias competições internacionais sem o apoio in loco das mais altas insignes do Estado. Portugal, campeão mundial de hóquei em patins em título até ao passado domingo, perdeu a final do campeonato do mundo contra a Argentina e não consta que qualquer dos três ilustres tenha acompanhado os jogadores.

Sugerir correcção
Ler 81 comentários