O Mercado do Bolhão já entrou na rotina, mas ainda afina detalhes logísticos

Depois de um processo longo para ser reabilitado, o mercado tradicional reabriu há quase três semanas, com mais turistas, que agora compram, e novos clientes residentes na cidade.

15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
Os primeiros dias do Mercado do Bolhão têm sido marcados pela elevada afluência de visitantes ADRIANO MIRANDA
15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
Os primeiros dias do Mercado do Bolhão têm sido marcados pela elevada afluência de visitantes ADRIANO MIRANDA
15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
O mercado reabriu há quase três semanas ADRIANO MIRANDA
15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
Os primeiros dias do Mercado do Bolhão têm sido marcados pela elevada afluência de visitantes ADRIANO MIRANDA
15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
Os primeiros dias do Mercado do Bolhão têm sido marcados pela elevada afluência de visitantes ADRIANO MIRANDA
15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
Os primeiros dias do Mercado do Bolhão têm sido marcados pela elevada afluência de visitantes ADRIANO MIRANDA
15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
Os primeiros dias do Mercado do Bolhão têm sido marcados pela elevada afluência de visitantes ADRIANO MIRANDA
15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
Os primeiros dias do Mercado do Bolhão têm sido marcados pela elevada afluência de visitantes ADRIANO MIRANDA
15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
Os primeiros dias do Mercado do Bolhão têm sido marcados pela elevada afluência de visitantes ADRIANO MIRANDA
15 DIAS APOS A ABERTURA DO MERCADO DO BOLHAO NO PORTO
Fotogaleria
Os primeiros dias do Mercado do Bolhão têm sido marcados pela elevada afluência de visitantes ADRIANO MIRANDA

“Hoje estou rouca, senão apregoava”, justifica-se ao PÚBLICO Alice Ferreira, encostada à sua banca de venda de peixe fresco, pela ausência dos tradicionais pregões no Bolhão, que reabriu há quase três semanas depois de finalmente reabilitado. Tem 72 anos e já está no mercado há mais de cinco décadas. Durante esse período, foi assistindo à progressiva degradação do edifício construído em 1914, ao qual voltou recentemente, depois de pouco mais de quatro anos em casa emprestada, enquanto as obras decorriam.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários