Zoo Story e a improbabilidade da comunicação

Atravessada pela dificuldade do encontro com o outro, Zoo Story, com direcção de Marco Paiva, é a primeira peça integralmente em língua gestual portuguesa a subir ao palco do Dona Maria II. Tem estreia marcada para dia seis de Outubro.

lingua-gestual-portuguesa,acessibilidade,teatro-nacional-d-maria-ii,teatro,culturaipsilon,
Fotogaleria
A peça tem como base Zoo Story, um texto de Edward Albee Paulo Pimenta
lingua-gestual-portuguesa,acessibilidade,sigourney-weaver,teatro-nacional-d-maria-ii,teatro,culturaipsilon,
Fotogaleria
Tony Weaver e Marta Sales interpretam os papéis de Peter e Jerry Paulo Pimenta
lingua-gestual-portuguesa,acessibilidade,teatro-nacional-d-maria-ii,teatro,culturaipsilon,
Fotogaleria
Marta Sales Paulo Pimenta
PP 16 SETEMBRO 2022 - LISBOA - Reportagem sobre Espectáculo em Língua Gestual Portuguesa
Legendagem e áudio descrição em todas as sessões 
Pela primeira vez o Teatro Nacional D. Maria II recebe um espectáculo totalmente interpretado em Língua Gestual Portuguesa. (Todas as sessões terão legendagem e audiodescrição)
Fotogaleria
É uma peça sobre isolamento e a dificuldade de comunicar Paulo Pimenta
16 SETEMBRO 2022 - LISBOA - Reportagem sobre Espectáculo em Língua Gestual Portuguesa
Legendagem e áudio descrição em todas as sessões 
Pela primeira vez o Teatro Nacional D. Maria II recebe um espectáculo totalmente interpretado em Língua Gestual Portuguesa. (Todas as sessões terão legendagem e audiodescrição)
Fotogaleria
Com língua gestual portuguesa em primeiro plano, o espectáculo conta com legendas Paulo Pimenta
16 SETEMBRO 2022 - LISBOA - Reportagem sobre Espectáculo em Língua Gestual Portuguesa
Legendagem e áudio descrição em todas as sessões 
Pela primeira vez o Teatro Nacional D. Maria II recebe um espectáculo totalmente interpretado em Língua Gestual Portuguesa. (Todas as sessões terão legendagem e audiodescrição)
Fotogaleria
Tony Weaver Paulo Pimenta

Ripley, personagem interpretada por Sigourney Weaver no filme Alien (1979), é a última sobrevivente da nave espacial Nostromo. Na vertiginosa última cena da película de Ridley Scott, a protagonista consegue desenvencilhar-se da criatura alienígena, incinerando-a com os propulsores da nave. Pausa no vídeo e, em palco, apresenta-se o actor, Tony Weaver, que conta que escolheu o seu nome artístico por causa da actriz norte-americana. Explica-o em língua gestual portuguesa (LGP) e diz-nos que sente necessidade de criar uma ligação com cada um de nós, o público.

Sugerir correcção
Comentar