Fotografia

Do Porto a Santiago de Compostela, há nove murais com estrelas do Caminho Português

Do Porto a Espanha, encontram-se nove murais que contam a história de nove pessoas que fazem parte dos Caminhos de Santiago. 

Mural que retrata Ana Matos, mais conhecida como Capicua, rapper e escritora natural do Porto. Pode ser encontrada na Rua de Recarei 883, em Leça do Balio, Matosinhos DR
Fotogaleria
Mural que retrata Ana Matos, mais conhecida como Capicua, rapper e escritora natural do Porto. Pode ser encontrada na Rua de Recarei 883, em Leça do Balio, Matosinhos DR

A exposição de arte que se intitula de As Estrelas do Caminho é uma iniciativa da cervejaria Estrella Galicia e conta com um total de 370 quilómetros que ligam o caminho francês de Santiago de Compostela ao Caminho Português. 

O objectivo dos murais é "homenagear os verdadeiros protagonistas do Caminho de Santiago", ou seja, "a população que vive estas regiões intensamente", pessoas "que, de certa forma, fazem parte da história do Caminho de Santiago ao disponibilizarem as cidades e aldeias aos peregrinos", lê-se em comunicado. Os murais estão espalhados por nove locais: em Portugal, podem ser vistos em Rubiães, Ponte de Lima, Barcelos e Matosinhos; já em Espanha, estão em Padrón, Caldas de Reis, Pontevedra, O Porriño e Tui.

Em território português estão retratados Ana Matos, mais conhecida como Capicua, escritora, compositora e rapper portuguesa, Moisés e Vítor Baraça, escultores de figuras de Barcelos que dão continuidade à tradição da região, Amândio de Sousa, fotógrafo que retrata Ponte de Lima, e Joaquim Sá, bombeiro e atleta de Rubiães que aos 74 anos foi campeão de atletismo na categoria sénior.

Já em Espanha, os murais retratam Andrea González, pianista que começou a gravar interpretações das obras de Rosendo Salvado, um clérigo espanhol que abriu a chamada “rota das antípodas”, caminho que une Perth (Austrália) ao Porto, momento em que se une ao Caminho Português até à chegada a Santiago; Felipe Graña , pescador que participa activamente na recuperação da Ria de Vigo; Tino Lores, que recupera o Caminho Português; Enrique Ocampo, construtor de sinos de uma família que remonta ao ano de 1620; e, por fim, Milagros González, produtora de pimentos e presidente da cooperativa de produtores do Pimento de Herbón DOP.

Estes murais foram desenvolvidos por dois artistas: a galega Lula Goce e o português Daniel Eime. Todos os murais, que retratam uma "história de luta pessoal que reflecte o seu vínculo à sua terra ou ao Caminho", têm um QR code para que quem se cruzar com eles possa saber mais sobre a história da pessoa retratada.

Mural que retrata Ana Matos, mais conhecida como Capicua, rapper e escritora natural do Porto. Pode ser encontrada na Rua de Recarei 883, em Leça do Balio, Matosinhos
Mural que retrata Ana Matos, mais conhecida como Capicua, rapper e escritora natural do Porto. Pode ser encontrada na Rua de Recarei 883, em Leça do Balio, Matosinhos DR