Nem a Rússia se retira, nem a Ucrânia se rende

Vamos conviver com esta guerra, na certa, por muito tempo, seja ela pela disputa militar e territorial, seja ela pela via das sanções, dos cereais ou do gás.

Ou a Rússia retira as suas tropas da Ucrânia ou esta faz cedências territoriais que ponham fim à guerra. Foi o que disseram mais de 21 mil pessoas de 22 Estados dispersos pelo globo, num inquérito organizado pela Open Society: 50% entendem que a paz se alcança no primeiro caso e 13% no segundo. Nem Rússia nem Ucrânia aceitarão um destes cenários. Seria admitir a derrota.

Sugerir correcção
Ler 45 comentários