O assalto à privacidade é um assalto à liberdade

A ecologia das redes sociais é, nos dias de hoje, uma das maiores ameaças à privacidade, à liberdade e à democracia.

Quem sabe História, uma coisa sabe de certeza: que não há progresso, que em cada momento tudo aquilo que consideramos adquirido é frágil, e que não há nenhuma lei inscrita na natureza dos humanos que nos diga que, com o passar do tempo, se vai viver sempre melhor. Em todos os momentos em que se acreditou no progresso, como aconteceu no início do século XX, perante as novas invenções científicas e tecnológicas que prometiam a paz e a abundância, o curso da História mostrou, em pouco mais de uma dezena de anos, como a matança se estendeu a toda a Europa, a parte supostamente mais “civilizada” do mundo.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários