Musk apresenta quatro novas razões para rasgar acordo de compra do Twitter

Empresário diz que denúncias feitas pelo ex-chefe de segurança da rede social justificam o fim do acordo de aquisição.

Foto
Elon Musk queria adquirir uma rede social que tem menos utilizadores — comparando com a concorrência — , mas com grande poder de influência política, cultural e social Reuters/ADREES LATIF

Se a compra do Twitter fosse um jogo de xadrez, Elon Musk estaria agora a tentar xeque-mate de peão, em que este é um ex-funcionário daquela rede social.

Sugerir correcção
Comentar