Quotidiano, uma faca de dois gumes

A rotina e o quotidiano podem fazer com que determinadas coisas que consideramos incríveis (como um carro, emprego, casa ou relacionamento novos) passem a não ser tão incríveis com o tempo. Como contornar isto?

Foto
As experiências fazem-nos mais felizes do que as compras José Alves

Vamos jogar ao quarto escuro durante dez minutos. Assim que uma luz se acende, temos uma sensação que até parece cegar porque a pupila se adaptou à falta de luminosidade. À semelhança do que acontece com a adaptação visual, também a nossa mente se adapta e se habitua a cada “ambiente” ao longo do tempo — a isto deram o nome “​adaptação hedónica​. Nós, seres humanos, acostumamo-nos a coisas positivas e negativas de tal forma que os seus efeitos emocionais se esvanecem. É por isso que determinadas coisas que consideramos incríveis passam a não ser tão incríveis com o tempo.

Sugerir correcção
Comentar