House of the Dragon é a verdade sobre os Targaryen (e a televisão)

Sem spoilers: A série que regressa ao universo de A Guerra dos Tronos aterra num mundo diferente. Vai desafiar a experiência do streaming semanalmente, escrever a verdade nas entrelinhas dos livros e tentar que os fãs “sintam que estão a voltar a casa”. Uma casa cheia de arestas e dragões, mas mais igualitária.

Foto

O dress code é “cocktail Targaryen”. A sugestão de farpela é para ver em antestreia o primeiro episódio de uma das mais aguardadas séries do ano em Amesterdão, ao lado do elenco e equipa criativa, numa sessão intimista com mais 800 pessoas. Descodificar o que é um Targaryen — e o que pode ser um cocktail que tem como anfitriões uma família que monta dragões e pratica alegremente o incesto — depende de quão ligado se esteve à cultura popular da década passada. No fundo, A Guerra dos Tronos está de volta, com uma série derivada e simultaneamente sua prequela, e fez disso um acontecimento. Mas será novamente televisão-acontecimento?

Sugerir correcção
Comentar