Caos

Segundo João Costa, as habilitações científicas e pedagógicas necessárias para ensinar vão ser alteradas. Em vez das normas vigentes, “olha-se para o percurso formativo dos candidatos”, esclareceu. Olha-se? Teremos então “olheiros” para acrescentarem à filosofia Ubuntu e ao projecto MAIA uma nova concepção, que substituirá professores por entregadores de conteúdos.

No último debate sobre o estado da nação, António Costa incomodou-se com o uso da palavra caos, para qualificar o que se passa nos hospitais públicos e no SNS. Caos significa desordem, balbúrdia, confusão.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários