Rudolph Giuliani perto de ser acusado de conspiração e fraude no estado da Georgia

Ex-advogado de Donald Trump tentou convencer os congressistas do Partido Republicano, em vários estados, a não aceitarem a votação popular e a nomearem Donald Trump como vencedor da eleição presidencial de 2020. Senador Lindsey Graham obrigado a depor no mesmo processo.

Foto
Rudolph Giuliani vai depor sob juramento na quarta-feira Reuters/EDUARDO MUNOZ

O advogado norte-americano Rudolph Giuliani passou a ser um alvo das investigações criminais, no estado da Georgia, sobre a campanha de pressão para manter Donald Trump na Casa Branca após a eleição de 2020, o que o deixa mais perto de ser acusado formalmente. Não é certo que os procuradores estejam também a equacionar uma acusação criminal contra o ex-Presidente dos Estados Unidos, mas há fortes indícios de que Trump e Giuliani agiram em conjunto.

Sugerir correcção
Comentar