Com um alvo nas costas desde a invasão do Capitólio, Liz Cheney prepara-se para abandonar o Congresso

Nas eleições primárias republicanas no estado do Wyoming, nesta terça-feira, Cheney enfrenta uma candidata apoiada por Donald Trump. Se perder, como indicam as sondagens, não poderá recandidatar-se ao cargo nas eleições gerais de Novembro. O dia fica também marcado pelo possível regresso de Sarah Palin.

Foto
Cheney tem-se destacado na comissão de inquérito à invasão do Capitólio Reuters/JONATHAN ERNST

Os eleitores do estado norte-americano do Wyoming vão responder, nesta terça-feira, a uma pergunta que ecoa por todo o país há mais de um ano: que futuro político tem a congressista Liz Cheney, depois de ter assumido o papel de principal opositora de Donald Trump no Partido Republicano, num estado onde o ex-Presidente dos EUA venceu com 70% dos votos em 2020?

Sugerir correcção
Ler 1 comentários